Paralelo 15 - de Santa Cruz a Sucre

Ninguém conhece nada. Nem sabem distâncias, nem tempo para ir além de 20 km de onde vivem. Nem se é asfalto, ou rípio. Pra completar, sucumbi ao "a estrada por ali é mais bonita".

Foram 300 km de asfalto, subindo ou descendo, impossíveis de andar acima de 100km/hora. É verdade que  me diverti muito nas curvas infinitas, claro! Mas os outros 300 km do dia foram de terra, a pior estrada de terra aberta ao trânsito que já utilizei. Em um cenário paradisíaco.


Dragomir Sreako, motociclista boliviano. Subimos juntos para Samaipata, e conversamos bastante sobre Bolívia, Evo, Santa Cruz e o destino do povo, enquanto aguardávamos as máquinas liberarem o caminho.



Posto de gasolina na Bolívia é assim, na manivela. Quando tem. Nesse caso, não tinha.



Caminho serpenteando o rio. Foram mais de 100 km de sobe e desce, ao lado desse rio.



Somente em algumas áreas dos vales é possível a agricultura. No mais, muito parecido com o agreste nordestino, ao menos nessa faixa de altitude, cerca de 1600
mt acima no nível do mar.



Fim da linha. As máquinas trabalham o dia inteiro e só abrem caminho depois das 18h.



Curral feito com espinhos, às margens da estrada.



Eu bem que tentei achar uma trilha. Mas só consegui chegar até o barranco onde o ônibus caiu.




Treze horas sobre a Transalp. Quando atingi 3.000 mt de altitude, a chuva caiu. Sorte que já estava chegando a Sucre.



O dia terminou com 600km, 13 horas de atividade, nenhuma refeição, duas horas parado na estrada pois um trecho só abre ao trânsito entre 18h e 06h da manhã, várias vezes jogado para fora da estrada pelos motoristas loucos dos ônibus, e um acidente trágico: um ônibus errou uma curva e caiu em um barranco. O acidente aconteceu às 02 da madrugada, e eu passei às 18h20. Os corpos ainda estavam lá, e os sobreviventes, sem saber o que fazer, queimavam as roupas ensanguentadas para diminuir as moscas.

Em alguns lugares a vida vale pouco e está sempre por um fio, ou um barranco. Bastou o registro mental.

Comentários

Postagens mais visitadas